Investimentos

O que são Letras Financeiras - LF?

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 10 de agosto de 2020
Junte-se a mais de 100 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O mundo dos investimentos mais parece uma sopa de letrinhas: LCI, LCA, CDB, COE, e outras infinitas. Mas, chegou a hora de incluirmos mais uma família de letras nessa panela, as LF, mais conhecidas como Letras Financeiras.

Para começo de conversa, as Letras Financeiras se tornam um título muito bacana, porém, elas possui um risco de crédito um tanto quanto alto para investimento.

Além disso, são títulos de Renda Fixa que podem ser emitidas por Bancos Múltiplos, Bancos Comerciais, Bancos de Desenvolvimento e BNDES, como também por, Caixas Econômicas, Companhias Hipotecárias e Sociedades de Crédito Imobiliário.

Curso online Preparatório para Ancord AAI

A diferença das Letras Financeiras

Apesar de todas as características das Letras Financeiras serem muito parecidas com as de outros títulos, esta possui uma em específico em relação a sopa de letrinhas que já conhecemos. Isso porque, é um título de crédito privado que não possui garantia do FGC.

Logo, essa informação nos leva a perceber que, se não há cobertura do FGC, esse título possui um maior risco ao investidor e ao mesmo tempo, há uma maior remuneração.

Portanto, é por consequência disso que verificamos que este título é recomendado para investidores com mais experiência no mercado.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Fique atento!

  • Prazo: as LF tem um prazo mínimo de 24 meses e não é permitido o resgate antes do vencimento.
  • Valor mínimo: 
    • Sem cláusula de subordinação: R$ 50.000,00;
    • Com cláusula de subordinação: R$ 300.000,00.
  • Remuneração:
    • Pré Fixada;
    • Pós Fixada;
    • Híbrida.

Contudo, as Letras Financeiras, por serem títulos de longo prazo, admitem cupom. Esse que nada mais é que o pagamento semestral de juros, e até mensal, vai depender do acordo com a Intituição Financeira.

E sua tributação se dá de acordo com a regra geral da Tabela Regressiva de Imposto de Renda.

Capitou sobre esse assunto? Têm alguma dúvida? Manda pra gente que te ajudamos!

Bora estudar?

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *