CEA - Certificação Especialista de Investimentos

O que é Letra de Câmbio e a sua relação de troca?

Kleber Stumpf
Escrito por Kleber Stumpf em 5 de maio de 2020

Cursos Anbima, Ancord e Abecip com Desconto

Sobre as Letras de Câmbio existe uma coisa super importante que você deve saber e jamais pode esquecer:

  • Não têm nenhuma relação com o câmbio
  • Inclusive, é vedado a indexação com algum tipo de variação cambial

Mas, o que é Letra de Câmbio?

A Letra de Câmbio também pode ser conhecida apenas pela sigla LC. E ela vem de câmbio de troca, porque é um título de captação de recursos para às SCFI, Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento, vulgo, as financeiras. 

Curso Online para Certificação CPA10

Como funciona?

Seu nome surge, pois de fato é uma troca e já nos diz exatamente o que ela faz. Tal troca, faz que o tomador do crédito pegue dinheiro emprestado da financeira, emitindo assim uma Letra de Câmbio em favor da financeira, que é revendido aos investidores.

Pense que o Seu João precisa comprar um carro. Para isso ele vai lá SCFI, que é responsável pelos financiamentos de carro e outros mais, e pega uma grana emprestada. Aí, para isso ele irá emitir uma Letra de Câmbio.

A SCFI não é uma instituição muito grande e nem tão capitalizada como um Banco Comercial. Logo, ela vai pegar a grana dessa letra e vai vender para o investidor. Por isso, essa LC vai parar com o investidor que vai mandar a bufunfa para a SCFI, e que vai mandar o dinheiro para o Seu João comprar o carro.

Um grande ciclo de troca!

E como a SCFI ganha grana?

Olha é muito mais simples do que você imagina. Se a SCFI vai vender esse negócio para o investidor, ela ganha a grana como os bancos. Isso porque, ela fica com um negócio bem conhecido, um spread

Pois, ela vai vender um empréstimo a 2,90% ao mês, por exemplo, e vai vender a Letra de Câmbio para o cara que vai pagar, por exemplo, seus 1% ao mês.

Mais de 4000 questões comentadas para sua certificação financeira

Portanto, é assim que gira a música que toca aqui!

Existe relação com o CDB?

A LC é diferente do CDB, pois nele o emissor é a Instituição Financeira, enquanto na LC, o emitente é o próprio devedor.

Então, se eu Kléber, pegar uma grana emprestada, será eu mesmo que estarei emitindo uma Letra de Câmbio. E a IF fica como aceitante. E o beneficiário é o investidor que pode ser pessoa física ou jurídica.

Importante!

  • Possuir garantia do FGC
  • Segue a tributação conforme tabela regressiva
  • Os prazos e valores mínimos são definidos pela Instituição Financeira

Quer passar em uma certificação Financeira?

Receba um e-book exclusivo com 7 dicas para ser aprovado!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *