Você provavelmente já ouviu falar nos indexadores de investimentos. Mas você sabe o que ele significa?

E como eles afetam os seus investimentos ou de seus clientes?

Caso a sua resposta seja sim, você saberia me dizer quais são os principais indexadores do mercado financeiro?

Se respondeu não para algumas dessas perguntas, este artigo é para você.

O que é um indexador?

Um indexador nada mais é do que uma taxa que server para realizar reajustes ou mesmo como referência para algum setor econômico. Existem índices para corrigir as mais diversas coisas presentes em nosso dia a dia e na economia como preços, alugueis, corrigir salários e etc.

Os indexadores afetam a economia de diversas maneiras que vão desde o salário mínimo do trabalhador brasileiro ou regional e até mesmo os contratos de aluguel.

Os indexadores econômicos estão presentes em tudo na nossa vida, até coisas que você pode não imaginaria, como a produtividade das fábricas. Sim, as grandes empresas tem diversos indexadores de produtividade para que seja possível saber como a produção está em relação a média do mercado.

E, por este motivo as decisões econômicas tomadas pelos governo as quais chamamos de políticas econômicas (política cambial, política creditícia, política tributária…) sempre levam em consideração o desempenho dos indexadores econômicos.

E como eles afetam seus investimentos?

Isso afeta seus investimentos justamente porque uma vez que o governo analisa os mais diversos indicadores para definir as políticas econômicas, irão ocorrer mudanças na economia de acordo com o desempenho dos indexadores.

Por exemplo, se o indexador oficial de inflação (IPCA) está acima da meta, o BACEN faz uma elevação da taxa de juros o que consequentemente vai influenciar em todos os investimentos de renda fixa em território nacional como também os empréstimos.

Curso Online para Certificação CPA10

Agora aqui vão alguns dos principais indexadores.

Principais indexadores

  • Caderneta de Poupança Mensal: Divulgado pelo BACEN
  • Caderneta de Poupança Diária: Divulgado pelo BACEN
  • CDI – Certificados de Depósito Interbancário: Divulgado pela CETIP
  • Dólar – Taxa PTAX: Cotação Oficial do Dólar divulgado pelo BACEN
  • Remuneração do FGTS: Divulgado pela Caixa Econômica Federal
  • IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado): índice de Inflação divulgado pela FGV
  • INCC (Índice Nacional da Construção Civil): Custo de obras divulgado pela FGV
  • INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor): Inflação divulgado pelo IBGE
  • IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo): Inflação divulgado pelo IBGE
  • Taxa SELIC (Taxa de Juros Oficial): Divulgado pelo COPOM
  • TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo): Divulgada pelo BACEN
  • TR (Taxa Referencial): Divulgada pelo BACEN
  • Ibovespa: Principal índice da B3
  • IBRX50: 50 Empresas mais negociadas da B3
  • IDIV: Índice das empresas melhores pagadoras de dividendos negociadas na B3
  • ISE: Índice de Sustentabilidade Empresarial da empresas negociadas da B3
  • IGC: Índice de Governança Corporativa das empresas negociadas na B3
  • SMLL: Índice de Small Caps da Bolsa de Valores negociadas na B3
  • IFIX: Índice de Fundos de Investimento Imobiliário em Bolsa de Valores;