Você já sabe que as certificações são importantes (e até obrigatórias) para a sua carreira bancária. Já sabe, também, que é preciso se comprometer com os estudos para conquistá-las. Hoje, eu quero ter uma conversa com você sobre uma perspectiva diferente sobre esse assunto: por que você deveria saber o conteúdo das provas na prática, não apenas na teoria.

Decorar o conteúdo apenas para conseguir a certificação é um tiro no pé. Sabe por quê? As questões de cada prova não estão lá à toa. Os assuntos, na verdade, são escolhidos justamente por serem parte da rotina de um profissional da carreira bancária. Por isso, eu afirmo:

Um bom profissional domina teoria e prática

Afinal, é para isso que a prova serve: garantir que você sabe o que precisa para trabalhar. E acredite: saber aplicar conhecimentos na prática é fundamental para que você os entenda de verdade.

Inclusive, entender tudo de forma completa não é importante apenas para a sua profissão. É, também, indispensável para a sua vida pessoal. Como assim?

1 – Ao entender de investimentos, você pode começar a investir

Investimentos são conteúdo de prova e podem melhorar a sua vida financeira. Aliás, ao começar a investir, você coloca em prática tudo o que aprendeu na teoria.

Se você tem estudado para as certificações, a essa altura já deve saber: os investimentos fazem o seu dinheiro trabalhar para você. Por que não começar a investir?

2 – É possível fazer a melhor escolha de banco para deixar o seu dinheiro

Quem estuda para as certificações sabe que banco não é tudo igual. Sabe, ainda, o que é a CDI. Ou seja, aquela taxa que os bancos pagam quando fazem empréstimo entre si.

Com esse conhecimento na manga, você não vai deixar seu dinheiro em qualquer lugar. Vai saber onde rende mais e qual te oferece as melhores condições.

3 – Consegue entender como usar os juros compostos ao seu favor

Quem entende de juros compostos, escolhe investimentos com mais sabedoria. Por isso, se engana (e muito) quem acredita que esse conhecimento não é importante depois da prova.

Inclusive, os juros compostos são uma teoria básica que é imprescindível que você saiba. 

4 – Compreende o sistema econômico como um todo

Banco Central, PGBL, VGBL… Você sabe o que é isso tudo? O papel de cada um na economia do país e, por consequência, na sua vida?

Esses órgãos, taxas e instituições fazem parte diária da vida das pessoas e de um profissional da carreira bancária. Por essa razão, é inviável que você acredite que, após a prova, eles podem ser deixados para trás.

O sistema econômico afeta a sua vida diretamente. E não importa se você é profissional da carreira bancária ou não. 

Entender como ele funciona melhora a sua vida financeira. E olha que notícia boa: é conteúdo de prova também.

Por isso, ao saber como lidar com todos esses conceitos na prática, na sua vida pessoal, é muito mais fácil estudar para a certificação.

E não é só isso: também te abre mais portas no futuro. Um profissional com uma boa bagagem de conhecimento é alguém que passa mais confiança à empresa. Saber te torna um profissional desejável. Mas saber de verdade.