Está pensando em começar a investir em tesouro direto, fundos imobiliários e ações mas bateu aquela dúvida de qual corretora usar?

Bom, este artigo foi escrito especialmente para te ensinar como escolher uma corretora de valores.

Quando você vai escolher um banco existem diversas coisas que você deve levar em consideração além do preço.

Existem outras coisas importantes como atendimento, proximidade, qualidade do site, atendimento por chat…

Para facilitar sua escolha vou enunciar aqui os fatores que acho mais importantes.

1) Preço

Não tem como escolher uma corretora de valores sem primeiramente verificar a política de preços. De nada adianta achar a corretora perfeita se você não está disposto a pagar os serviços cobrados.

E sim, os preços variam muuuuito. Existem corretoras que cobram hoje incríveis R$ 50 por ordem executada via Home Broker. No outro lado diversas corretoras como a ModalMais e a Clear (do grupo XP) cobram corretagens próximas 2 reais por ordem executada.

Mas preste atenção a um detalhe, existem diversos custos envolvidos na contratação de uma corretora de valores, você precisa levar em consideração todas as taxas que podem ser cobradas. Dê uma olhadinha nas taxas que podem ser cobradas de você:

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é o principal custo que você vai ter ao negociar ações e fundos imobiliários por isso para escolher uma corretora de valores esta é a taxa mais importante. O valor da corretagem pode variar de acordo com o mercado em que você a executa. Normalmente existem corretagens diferentes para:

  • Mercado a vista para Day Trade (iniciam e terminam no mesmo dia)
  • Mercado a vista para Operações Normais (tem mais de um dia de duração)
  • Mercado fracionário
  • Mercado de Fundos Imobiliários
  • Mercado de Opções
  • Mercado de Commodities
  • Mercado Futuro

Por isso você deve avaliar qual tipo de ativo você ira negociar com mais frequência, desse modo será fácil determinar qual corretora oferece os valores mais atrativos para seu perfil.

Taxa de custódia mensal

Essa taxa é referente ao serviço de guardar seus ativos, logo ela é cobrada apenas quando o investidor possui alguma posição em ativos de renda variável no mês.

Os valores da taxa de custódia variam bastante indo até R$ 30 mensais. Mas nem todas as corretoras cobram a taxa de custódia (a maioria concede isenção aos seus clientes) e algumas só lhe cobram caso você não execute ordens no mês.

Taxa para tesouro direto

Assim como a taxa de custódia mensal esta é uma taxa de administração no tesouro direto que é cobrada sobre o total investido nos títulos públicos, ou seja, só será cobrada se você possuir títulos públicos em custódia na corretora. 

Apesar de não fazer muito sentido uma vez que a corretora não faz nenhum trabalho a grande maioria das corretoras cobra essa taxa que varia de 0% a 2% ao ano sobre o valor total investido.

Se você pretende investir somente em tesouro direto, uma boa notícia. O próprio tesouro direto tem um ranking da taxa de administração cobrada pelas corretoras.

Saber a taxa cobrada para o tesouro direto é fundamental para você escolher uma corretora de valores.

Essa importância se dá porque como essa taxa é cobrado sob o valor investido, ela vai afetar de forma direta a rentabilidade de seus investimentos. Então se seu objetivo for investir em tesouro direto procure as instituições que não cobram para isso que você pode encontrar na lista acima. 

Home broker ou mesa de operações

Para comprar e vender os mais variados ativos financeiros existem basicamente duas opções.

O Home Broker (aplicativo da corretora para que você envie as ordens pela internet) ou a mesa de operações (quando você liga para corretora ou manda um e-mail para que o colaborador da instituição financeira faça a operação por você.

Falando em custo, via de regra a taxa de corretagem para o Home Broker é fixa e para a mesa de operações se utiliza a Tabela Bovespa.

Avalie qual canal de negociação é melhor para você, afinal de nada adianta ter um ótimo atendimento na mesa de operações e um péssimo home broker se você só irá utilizar o home broker.

Taxa de saque

As aplicações e retiradas em corretoras de valores só podem ser realizadas através de transferências bancárias.

Justamente por isso algumas corretoras cobram o custo da TED de seus clientes na hora de realizar o saque. Esta tarifa é baixa e não costuma ser maior do que R$ 5,00.

Se você ainda está na fase de acumulação de recursos é importante estar atendo para não pagar um valor abusivo mas ela não deve ser prioritária para influenciar a sua decisão.

2) Atendimento

A disponibilidade da corretora de valores para atender seus clientes e a qualidade do atendimento fazem uma grande diferença na hora de resolver problemas.

Enquanto algumas corretoras são bastante acessíveis com múltiplos canais de comunicação e uma equipe bem treinada outras são muito difíceis de entrar em contato e algumas vezes possuem atendentes de qualidade duvidosa que não sabem informar nem mesmo as taxas de corretagem. Por isso antes de abrir sua conta teste os canais de atendimento da corretora pelo qual você gostaria de ser atendido.

Eu por exemplo adoro ser atendido via chat, acho muito prático abrir o navegador no notebook ou no celular e falar via texto de forma mais dinâmica que um e-mail e ainda poder ter o registro por escrito daquilo que foi combinado. Então antes de abrir conta em qualquer lugar eu sempre faço diversas perguntas pelo chat para ver se o atendimento é capacitado.

3) Ferramentas

Antigamente as ferramentas que uma corretora ou outra ofereciam eram um grande diferencial. Com o avanço cada vez mais rápido da tecnologia essa diferença já não é mais tão grande. A maioria das corretoras oferece uma ampla gama de ferramentas com gráficos, calculadora de imposto de renda e  analistas ao vivo durante todo o tempo do pregão para te ajudar na hora de escolher seus investimentos.

4) Home broker

Se você leu este artigo até aqui tenho certeza que o Home Broker é vai ser muito importante para você na hora de escolher uma corretora de valores. Apesar de que hoje a grande maioria das corretoras já oferecerem um Home Broker estável algumas das corretoras oferecem ferramentas só com o envio básico de ordens. Em contrapartida outras corretoras oferecem ferramentas mais avançadas com gráficos, indicadores, acompanhamento de trades ao vivo, chat para trocar idéias com analistas… cada corretora busca seu diferencial. 

5) Tesouro direto

Na maior parte das corretoras os títulos ainda precisam ser negociados diretamente pelo site do tesouro direto. Mas algumas corretoras buscando um diferencial oferecem sistemas integrados ao tesouro direto que lhe permite comprar, vender e ver seu extrato diretamente no site da corretora. Super prático não é mesmo?

6) Sistema Mobile

Quem não gosta de ver o dinheiro aumentando toda hora? Essa inclusive é uma febre para investidores iniciantes. No começo é comum abrir o aplicativo três ou quatro vezes por dia para ver o dinheiro crescendo. Fazer isso somente pelo navegador dificulta a diversão, por isso algumas corretoras oferecem apps gratuitos para smartphones e tablets onde você pode ver sua posição nos investimentos em tempo real. 

Ps. Alguns aplicativos são realmente fantásticos onde você tem acesso a diversos gráficos e pode comprar e vender seus investimentos pela palma da mão.

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

7) Serviços

Outro fator muito importante na hora de escolher uma corretora de valores são os serviços complementares. Alguns deles são inclusos no preço da corretagem e outros podem ter uma cobrança a parte. Mas alguns destes serviços podem influenciar bastante na hora de fazer sua escolha. Veja os principais serviços extras:

Relatórios de análise: Os relatórios são bastante comuns e não vão influenciar muito na hora de escolher uma corretora de valores. A divulgação de carteiras recomendadas para ações e fundos imobiliários normalmente são encontrados em todas as corretoras.

Produtos diversos: Enquanto algumas corretoras se limitam a negociar valores mobiliários algumas outras são verdadeiros shopiings financeiros. Você encontra CDBs, LCIs, LCAs, produtos de previdência privada e até mesmo seguros.

Comunidade: Investidores adoram falar sobre investimentos. Veja se a sua corretora tem alguma área específica para que os investidores possam trocar idéias entre si.

Ferramentas de análise: Algumas corretoras que oferecem ferramentas de análise integradas ao home broker, outras tem suas próprias ferramentas de análise gráfica e outras ainda tem parcerias com softwares especializados oferecendo desconto na contratação destas ferramentas.

Plataformas profissionais: Investidores mais focados em Day Trade via de regra preferem ferramentas desktop porque apresentam maior estabilidade. Apesar de serem bem mais caras oferecem também muitos recursos exclusivos além da negociação sem a necessidade de ter o home broker aberto em outra janela. Dependendo do número de ordens executadas dentro de um mesmo mês você pode ter um desconto significativo na contratação da ferramenta ou até mesmo a gratuidade.

8) Educação

O mercado de renda variável é um mundo a parte. Além de diversos mercados como Furuto, Opções, Commodities é possível fazer uma infinidade de operações combinando estes mercados. Em algumas corretoras é possível ter acesso a áreas exclusivas de educação com  acesso a palestras online ou mesmo cursos presenciais. O material de educação sobre o mundo dos investimentos é sem sombra de dúvidas, o melhor investimento.

9) Assessor de Investimento

No banco você tem um gerente. Na corretora de valores você tem um Agente Autonomo de Investimentos (AAI), que na prática é o gerente da sua conta na corretora. Quando você escolher uma corretora de valores você pode optar por abrir a conta diretamente através do site da corretora e sua conta cairá no balcão (qualquer pessoa diretamente ligada a corretora pode lhe ajudar) ou optar por abrir a conta através de um agente autônomo.

Em quase todas as cidades existem escritórios dos “Corretores de Valores Mobiliários”, que na verdade são os agentes de investimento. Na prática o seu relacionamento com a corretora não muda nada, mas há pessoas que gostam de tratar as coisas pessoalmente e se você é uma destas pessoas procurar um agente de investimentos na sua cidade pode ser uma boa escolha.

Conclusão

Para facilitar a sua escolha de uma corretora de valores vou te dar a idéia de três de acordo com minhas experiências pessoais.

O Novo Investidor - Tudo sobre Investimentos, Finanças e Economia

Melhor atendimento e Serviços: XP Investimentos

Sem sombra de dúvidas a XP tem a maior gama de serviços, o maior número de escritórios espalhados pelo Brasil (é a maior corretora do Brasil). É claro que isso tem um custo, a ordem para compra de ações no mercado à vista custa R$ 18,90.

Melhor Custo Benefício: Easy Invest

A Easy é uma corretora super moderna voltada para o público jovem.  Tem uma interface super amigável um canal incrível no YouTube e um preço justo. O valor da corretagem é de R$ 10,00 para o mercado à vista.

Mais barata com Segurança: ModalMais

Recentemente abri uma conta na ModalMais para aproveitar os custos baixos. Lá é possível negociar Fundos Imobiliários sem nenhum custo e a negociação de ações no mercado à vista custa só R$ 2,49.

Lembre-se que o maior custo para uma corretora de valores é o número de profissionais para lhe atender e tirar suas dúvidas. Se você está começando a minha dica é encontrar um meio termo entre o atendimento e o custo. Não adianta nada pagar pouquinho e ter dificuldade para esclarecer suas dúvidas não é?

Pronto para escolher sua corretora de valores? Conta pra mim nos comentários abaixo qual você escolheu porque.