Se você está estudando para um concurso bancário entre os conteúdos a serem estudados temos o cadastro de pessoa física e jurídica. A primeira coisa que você deve saber sobre cadastro é que existem dois tipos de conta. A conta corrente e a conta (caderneta) poupança.

Mas, Kleber pessoa jurídica pode ter conta poupança?

Sim pode. É uma porcaria, mas sim uma pessoa jurídica pode ter uma conta poupança.

Documentos para Pessoa Física

Quando falamos de documentação para conta poupança a pessoa física precisamos basicamente de 3 documentos. São:

  • RG: Registro Geral que nada mais é do que a sua carteira de identidade
  • CPF: Todas as transações financeiras dos brasileiros ou residentes no país estão vinculadas a seu CPF
  • Comprovante de endereço: O comprovante de endereço é importante porque a instituição financeira precisa te enviar o cartão da conta, extratos e outras correspondências

Para a caderneta de poupança o banco até pode lhe pedir comprovante de renda mas de acordo com a legislação não é obrigatório você apresentar comprovante de renda.

Até porque você já pensou se todo esse pessoal que vive na economia informal como a barraquinha de pastel, barraquinha de churros, manicure, pedicure, camelô e todo esse pessoal que não tem um comprovante de renda não pudesse abrir conta poupança?

Já quando se fala de documentação para conta corrente de pessoa física além dos documentos vistos acima é sim comum a exigência do comprovante de renda.

Mas novamente como muitas pessoas vivem na economia informal é possível (dependendo do seu relacionamento) abrir uma conta corrente sem o comprovante de renda.

Pra que o banco precisa do meu comprovante de renda?

Primeiramente este é um documento importante para o cadastro de pessoa física e jurídica porque a instituição financiera precisa saber a origem de seus recursos.

Esta é uma determinação legal para coibir a lavagem de dinheiro (você pode saber mais sobre isso em prevenção a lavagem de dinheiro). Além disso os bancários e as instituições financeiras sempre são obrigadas a comunicar ao COAF toda e qualquer operação suspeita de lavagem de dinheiro.

Outro motivo é que abrir uma conta corrente não da dinheiro para o banco. O que a instituição financeira quer é lhe vender crédito consignado, cheque especial, empréstimo para carro, empréstimo para casa… e obviamente para conceder um empréstimo a instituição financeira precisa saber o quanto você ganha e assim mensurar quanto dinheiro ele pode lhe emprestar.

Resumindo… para pessoa física conta poupança precisamos do RG, CPF e o comprovante de endereço. Para conta corrente, todos os documentos anteriores mais o comprovante de renda.

Documentos para Abertura de Conta Pessoa Jurídica

Na pessoa física o primeiro documento que precisamos é do RG. Então obviamente quando falamos do cadastro de pessoa jurídica a primeira coisa necessária para abrir uma conta corrente é o contrato social. Neste documento estão dispostas informações muito importantes como:

  • Os sócios da empresa
  • Quem é o responsável pela administração da companhia
  • Quanto dinheiro foi colocado para abrir a empresa
  • Endereço
  • Razão Social
  • Cláusulas que regem a sociedade

O contrato social é como se fosse um RG mais elaborado de uma pessoa jurídica. Outro documento importante também é o faturamento da empresa. É como se fosse o comprovante de renda da pessoa jurídica. Neste documento vai ter os meses e quanto a empresa faturou em cada mês com a assinatura do contador e do administrador.

Além disso também é necessário o comprovante de endereço da empresa, da inscrição do CNPJ.

Por fim, o contrato social vai dizer quem faz parte dessa empresa. Os sócios e administradores. Destes participantes também é necessário a apresentação de documentação.

Os mesmos que vimos de pessoa física lá no início que são o RG, CPF e comprovante de endereço de cada um dos sócios.

Quanto ao Cadastro de Pessoa Física e Jurídica não há muito segredo não é mesmo? É apenas um cadastro simples.